quarta-feira, 21 de fevereiro de 2007

Com o tempo deixa de ter medo...

e quando no fim de semana o T olhava para mim enquanto eu descia as escadas de casa, sorriu. Perguntei porquê e disse que me estava a imaginar vestida de uma certa maneira... Sorri também porque apesar de ninguém o ter dito por palavras eu sei que ele me imaginou vestida de noiva (umas horas antes tinhamos estado a ver o Wedding planners no People & Arts e pronto tinhamos estado a falar no meu vestido para o nosso casamento na praia).
Porque fiquei contente? Porque até agora sempre teve medo de pensar sequer no assunto (ou pensava mas tinha medo de o exteriorizar).

1 comentário:

mamã gaivota disse...

É natural esta apreensão. Talvez até saudável. É um passo muito importante. Daqueles que mais modifica as nossas vidas (salvo a vinda de um filho, onde isso tem de ser considerado elevado ao cubo)