terça-feira, 21 de novembro de 2006

As injustiças para quem trabalha

Comecei a trabalhar há quase 4 meses e trabalhando eu numa profissão em que nas 24 horas do dia os serviços têm que ser prestados - para não continuar a alimentar dúvidas sou enfermeira - era mais que certo que sendo novata ia ter que trabalhar no Natal. Tudo bem, até já estava convencida e a família avisada (convencida nem tanto). Na boa, tem que ser, tem que ser! Mas hoje que até devia ser um dia perfeito porque entrei de férias (coisa que já nem sei o que é desde o Verão de 2005), fiquei triste e zangada. Fui chamada ao gabinete da chefe para ser informada que iria trabalhar não só na tarde de 24 de Dezembro como também a noite de dia 25 de Dezembro. Para quem não está a par dos horários de trabalho dos enfermeiros isto é assim: começo a trabalhar às 15 de dia 24 e só termino às 9 de dia 25!!! Lindo! Sim, não ia estar de qualquer forma com os meus pais e a minha avó mas porra!!!a sogra já me tinha convidado para passar o Natal lá em casa! Se eu não gostasse dela ainda era naquela, mas eu até adoro a mulher!! Fiquei lixada mas não me serviu de nada, nem vai servir. Diga eu o que disser vou ter que levar com os turnos porque nessa altura ninguém os troca de certeza. Só me resta esquecer que há Natal e respirar muitas vezes durantes estas minhas próximas 3 semanas de férias.